SLOW LIFE

slow-life-post-9-de-dezembroAdoptar um estilo de vida Slow, ao contrário do que possa parecer à primeira vista, é muito simples. Bastam pequenas atitudes, aplicadas com grande sabedoria e consciência. Já referimos anteriormente de o que se procura é restaurar o  nosso equilíbrio natural, de forma a podermos desfrutar da vida na sua plenitude e com isso contribuirmos para o equilíbrio dos outros.

O Slow Life é uma mistura de:

  • alimentação saudável, se possível preparada em casa, com calma e cheia de afecto e sabor.
  • Apreciar cada momento de forma intensa – estar presente de verdade.
  • Respeitar o tempo certo das coisas.
  • Ter tempo para conversar com amigos e conhecidos., sobre a vida ou até sobre coisas sem importância.
  • Valorizar coisas tão simples como por exemplo: olhar o Céu, sentir o vento no rosto, etc.
  • escrever cartas, contar histórias.
  • ter um tempo para não fazer nada.
  • trabalhar menos mas trabalhar melhor.
  • reconcertar-nos connosco.

Em suma DESACELERAR e VIVER.

Referimos acima a importância da alimentação saudável e confeccionada de preferência em casa, levando talvez muitos a interrogar-se como arranjar tempo. Mas há muitas alternativas e pratos saborosos e equilibrados que se se podem confeccionar mesmo por aqueles que têm menos disponibilidade.

“Cozinhar com amor é algo que fornece alimento à alma”  – Preparar as nossas refeições em casa, embora seja uma rotina diária, se feita com amor, pode ser uma das actividades mais relaxantes e gratificantes do osso dia a dia. Pessoalmente é um dos meus maiores prazeres. Pegar nos alimentos, sentir a sua textura, o seu cheiro e a partir daqui criar, é uma arte.

Valorizar a alimentação saudável deve também ser um objectivo, que se alcança procurando informação que nos ajude a tomar as decisões mais adequadas. Há quem ainda pense alimentação saudável é sinónimo de pratos sem sabor ou refeições rotineiras. Nada mais errado, pois a variedade é uma regra a seguir pois só assim se terá acesso  a todos os nutrientes necessários ao nosso organismo.

Sem ter a pretensão de fazer um guia de alimentação saudável, vamos começar a elaborar alguns posts com receitas criadas cá em casa, equilibradas e saborosas, deixando também alguma informação sobre os ingredientes usados.

 

MASSA INTEGRAL: Itália é o país onde mais se consome massa, mas esta é também muito utilizada e apreciada em todos os países Mediterrânicos. Estas servem de base a uma variedade de pratos e refeições equilibradas. São alimentos saudáveis, uma vez que são uma boa fonte de hidratos de carbono,proteínas e tem um baixo teor de gordura. A massa integral é feita com farinhas feitas com cereais que não sofreram um processo de branqueamento, desta forma o cereal integral conserva mais fibra, pois conserva a casca.

FRANGO: boa fonte de proteína magra, que contém nutrientes essenciais: vitaminas, minerais e aminoácidos.

Espinafres: hortaliça com enorme valor fisiológico, rico em vitaminas, minerais em forma de sais, clorofila, oligoelementos e fermentos.

 

SALADA DE ESPIRAIS INTEGRAIS COM FRANGO E ESPINAFRES

  • Cozer o frango, numa panela com sal, cebola e alho, em lume brando.
  • Cozer os espinafres
  • Cozer a massa
  • Numa panela, colocar  os dentes de alho com azeite e deixar aromatizar o mesmo. Depois juntar o frango e os espinafres e saltear. Deixar apurar.
  • Por fim junte a massa e envolva bem. (Juntei  azeitonas).

 

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s