SLOW BEAUTY

SLOW BEAUTY – Uma beleza mais natural

Slow Beauty promove a muito esperada e necessitada comunhão com o “nosso eu”. Este movimento é uma marcha em direcção a um estilo de vida mais responsável por contraponto a um estilo de vida que se tornou rápido de mais.

O Movimento do Slow Beauty é a antítese do mundo acelerado da indústria da cosmética que nos “vende” rápidas melhorias, resultados imediatos e opções invasivas. Esta perspectiva que está cada vez mais ultrapassada, têm-nos feito acreditar que o importante é lutarmos contra a idade e contra o tempo. Nada mais errado. Se procurarmos adoptar a filosofia do Slow Beauty, no nosso dia-a-dia, estaremos mais perto de alcançar o equilíbrio entre a beleza, a busca  da juventude, o bem estar e a espiritualização da beleza.

Quando na década de 90s, os ácidos  glicólicos, começaram a ser usados em força na Indústria Cosmética, passou a estar fora de moda a importância da preservação a integridade física ao longo da vida. A valorização da alimentação, da  água e do exercício físico, na saúde da pele passaram a ser conceitos pitorescos e fora de moda.

Já Madame Michelline Arcier, famosa aromaterapista, afirmou “A beleza de um rosto não pode ser alcançada sem um sentimento de bem-estar, um corpo saudável e uma harmonia interior.”

As teorias do Fast Beauty e formas de estar associadas a elas, provaram estar erradas. Tal como a Fast Food faz mal à saúde, também a Fast Beauty tem os seus inconvenientes. Um dos princípios basilares do Slow Beauty é a de que a alimentação é fundamental para um corpo saudável, e é muito importante em todos os aspectos da vida. É ela que suporta o nosso bem estar, energia, alegria e aparência.

Seguir algumas regras, será uma forma de alcançarmos este bem-estar tão fundamental à nossa vida:

  • Mantera tradição dos SPAS – O SPA (deriva do latim – saúde através da água) tem as suas raízes numa tradição antiga de bem-estar.
  • Importância dos rituais –  Transportar alguns rituais do Spa para o nosso Lar, será uma maneira de alcançar uma prática de beleza integrada.
  • Renovação – Os nossos corpos estão inundados de muita comida, muita actividade e muita pressão. É fundamental adquirirmos hábitos de sono saudáveis, como forma de de restaurarmos os nossos ritmos naturais.
  • Mente alimentada – Além do corpo, devemos alimentar a mente.
  • Auto-expressão – Devemos partilhar os nossos dons e talentos. Quanto mais criativos  formos, mais melhoramos esse dom. A criatividade eleva a auto-estima. Se partilharmos a nossa criatividade ajudamos os outros a sê-lo também e tornamos-nos no catalisador da mudança.
  • Meditação – Este é o ingrediente secreto para desacelerar o processo de envelhecimento. Necessitamos de tirar algum tempo diariamente para reduzir o stress que acumulamos. Existem estudos que demonstram que uma meditação regular reduz os sinais de envelhecimento sete a treze anos.
  • Prática de um consumo consciente – Devemos alterar os nossos hábitos de consumo. Estes devem ser baseados na autenticidade, apoiando tanto quanto possível o comércio justo, saber dar de volta, ter preocupações com a gestão ambiental e utilizar ingredientes mais seguros.

Em conclusão o Slow Beauty promove uma beleza mais natural, e traz-nos de volta receitas tradicionais e menos tóxicas de cuidados para a pele e o cabelo. Se já adoptou uma alimentação mais saudável, mas o seu estojo de beleza está repleto de produtos tóxicos, chegou a hora de começar a prestar mais atenção aos rótulos na altura de comprar os produtos de beleza, pois não devemos esquecer que a pele é o maior órgão do corpo humano, e tudo o que usamos nela, passa para a corrente sanguínea.

Também podemos optar por fazer alguns dos nossos produtos e agora que se aproxima o fim de semana porque não aproveitar para experimentar fazer este creme hidratante livre de substâncias químicas tóxicas:

slowbeauty-creme

Ingredientes:

  1. 2 chávenas de óleo de amêndoas doces (ou óleo de abacate)
  2. 3 chávenas de água de rosas (ou chá a seu gosto, água destilada,etc)
  3. 1 chávena de cera de abelha
  4. 2 chávenas de óleo de coco
  5. 2 chávenas de amido de milho

Preparação:

  • Derreta todos os ingredientes, com excepção da água de rosas e do amido de milho;
  • Depois aqueça a água de Rosas até que esta ferva e dissolva o amido de milho:
  • Ponha a água de rosas dentro do liquidificador e acrescente a mistura que derreteu ao lume. (Se quiser acrescentar mel agora é a altura indicada)
  • Repita este processo até a mistura ficar homogénea.
  • Coloque a mistura no frigorífico 5 a 10 minutos.
  • Retire e volte a introduzir no liquidificador e repita o processo até a mistura ficar homogénea.
  • Guarde o creme, num frasco esterilizado, com tampa.

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s