SLOW EDUCATION

Agora que estamos no inicio do ano escolar, é importante que nós como pais façamos uma reflexão sobre que tipo de escola queremos para os nossos filhos.Imagem slow education III

A Slow Education é um processo: acredita-se que a maneira com a criança ou o adolescente aprende na escola é tão importante como as metas a atingir e os resultados dos testes.

Se a escola conseguir providenciar uma gama de experiências ricas e criativas, estaremos a educar de uma forma mais saudável onde a aprendizagem passa a ser algo mais profundo e com um propósito definido.

Infelizmente hoje a tendência dominante é a vontade de apresentar resultados para as estatísticas, acabou a substituir as tradições mais amplas e humanistas da educação. É óbvio que os exames são necessários e as avaliações também, mas temos por as coisas sob perspectiva. Até porque dar uma ênfase extrema à avaliação, distorce o ensino e mina a capacidade dos estudantes de pensarem pela sua cabeça e de lidarem correctamente com os desafios que a vida lhes coloca.

É preciso oferecer aos alunos caminhos de aprendizagem baseados na motivação. Pois quando a aprendizagem é tratada como mais um produto de consumo, acaba por se criar uma desconexão terrível para os estudantes.

Ainda não é claro a longo prazo quais os custos que esta metodologia do ensino estandardizado irá ter. O que fará a uma criança que passa 12 anos stressada por causa dos testes e não reflectindo sobre um sistema que está largamente desligado da forma como a mente funciona.

“Slowness” não significa que se façam as coisas a passo de caracol. Então como pode o Slow Mouvment influenciar a educação? Se desacelerarmos no ensino a educação pode vir a ser mais autêntica. Ela vai permitir à criança, seja qual for a sua idade, a envolver-se num trabalho real e significativo com valor para elas e para a comunidade.

Uma educação mais autêntica vai permitir aos estudantes conhecerem os cidadãos da sua comunidade e de como estes estão a trabalhar para a transformar num local melhor. Também lhes dá oportunidade de identificar e aprender a procurar soluções para os problemas locais, reforçando a ideia que eles podem fazer a diferença.

Uma educação autêntica é também um acto de democracia. É um acto que suporta a justiça, porque estamos também a ensinar as nossas crianças a explorar questões sociais e estamos igualmente a ensiná-los a transformarem-se em cidadãos mais éticos.

Como pais devemos incentivar o gosto pelo aprender, pelo questionar e que aprendam a encontrar soluções para os desafios que lhes sejam apresentados. E também devemos transmitir esta ideia nas escolas que os nossos filhos frequentam cada vez que lá vamos pois é importante que estejamos presentes nas vida escolar dos nossos filhos.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s